Propostas

uma venda nova para a maioria

"Há muitos anos, políticos da nossa região dizem representar Venda Nova mas nunca fizeram nada por nós. (...) Precisamos ter na câmara municipal pessoas que tenham compromisso com a luta do nosso povo."


Contexto

Somos uma das regiões que mais gera riqueza para a cidade. Venda Nova tem 262.183 habitantes (Censo IBGE 2010) e 309 anos de existência, mais antiga que a própria BH. Em contrapartida, nossa região, junto com o Barreiro, tem a menor renda média de BH (menos de 1,5 salários mínimos per capta). Os impostos caros que nós, trabalhadores, pagamos não voltam como benefícios sociais.

Há muitos anos, políticos da nossa região dizem representar Venda Nova mas nunca fizeram nada por nós. A política não é feita para que as pessoas se enriqueçam. Precisamos ter na câmara municipal pessoas que tenham compromisso com a luta do nosso povo.

Todos os anos as enchentes tiram vidas e destroem nosso bairro, são um problema constante e maior a cada ano.

Venda Nova é a segunda região que mais perdeu vidas com a Covid-19. Enquanto alguns lucraram muito durante a pandemia, a grande maioria do povo perdeu direitos, empregos e até mesmo a própria vida. Este abismo social marca a cidade e a nossa região. Os efeitos disso são bem concretos, quem mora em Venda Nova vive em média 15 anos a menos do que os que vivem no Belvedere.

Propostas

/Lutar para construir um planejamento estratégico para a prevenção das enchentes.

/PARA COMBATER A DESIGUALDADE NA REGIÃO:
- Lutar pela criação de espaços para atendimento aos moradores de rua na região. Moradia é direito de todos.
- Lutar pelo respeito e garantias legais de direito para as ocupações urbanas.

/EDUCAÇÃO, FORMAÇÃO E EMPREGO EM VENDA NOVA:
- Incentivar a criação de cursos gratuitos profissionalizantes para jovens em busca do primeiro emprego.

- Divulgar e ampliar a Educação de Jovens e Adultos - EJA. Batalhar pela ampliação do número de vagas e dos horários da educação infantil.

/MOBILIDADE URBANA NA REGIÃO:
- Transporte é direito! Lutar por novas linhas de ônibus, com horários e itinerários adequados a necessidade da população.

- Lutar pela construção de ciclovias nas principais vias da região.
Intermunicipalização do transporte para facilitar o deslocamento entre as cidades da região metropolitana.

/CULTURA E LAZER EM VENDA NOVA:
- Defender a reabertura do Sesc para acesso da população.

- Incentivar os coletivos e grupos de cultura, o slam e a poesia de rua, o hip hop e a produção musical popular e periférica.

- Promoção de espaços para juventude e política de descentralização desses locais.

- Desburocratizar os Alvarás e editais para a realização dos bailes funk/rap da região.

/AUTO - ORGANIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA E DO POVO:
- Dar visibilidade aos vários movimentos de base (social/cultural/político) que acontecem nesse território e pensar estratégias para fortalecê-los.

- Criar e fomentar canais de participação popular como associações de bairro e conselhos de moradores.

- Incentivar coletivos de mulheres, negras e negros e LGBT+ para combater o preconceito e as desigualdades.

Imgem mostra Áurea Carolina, Deputada Federal e candidata a prefeitura de Belo Horizonte e Iza Lourença candidata a vereadora de Belo Horizonte.